quarta-feira, 21 de julho de 2010


“Tudo vale a pena quando a alma não é pequena.” Fernando António Nogueira Pessoa (Lisboa, 13 de Junho de 1888 — Lisboa, 30 de Novembro de 1935), mais conhecido como Fernando Pessoa, foi um poeta e escritor português. É considerado um dos maiores poetas da Língua Portuguesa, e da Literatura Universal.

terça-feira, 15 de junho de 2010

"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um não. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo"...
Fernando Pessoa

terça-feira, 25 de maio de 2010

Projeto


Língua Portuguesa – 6ª série

Escola Estadual de Ensino Fundamental Professor Milton Pacheco

Trabalho infantil

Textos:
* Meninos Carvoeiros (Poema – Manuel Bandeira)
* Diário do menino trabalhador (Narrativa – Jô Azevedo, Iolanda Huzak, Cristina Porto)
* Crianças trabalhadoras (Texto informativo – (Jô Azevedo, Iolanda Huzak, Cristina Porto)

Justificativa:

Trabalho infantil não é um fenômeno novo no Brasil. É quase tão antigo como a própria história do país.
Crianças e adolescentes trabalham em todas as esferas: Eles cortam cana, colhem café e laranjas, vendem doces e refrigerantes, vigiam carros, engraxam sapatos, se prostituem, ganham dinheiro no tráfico de drogas...
A partir de leituras sobre este tema tão polêmico os alunos poderão desenvolver senso crítico, melhorar escrita, trabalhar interpretação sobre diversos gêneros textuais e informar-se sobre este assunto presente em praticamente todas as regiões do país.

Objetivo geral:

* Trabalhar o tema “trabalho infantil” com diferentes gêneros textuais.

Objetivos específicos:

* Estudar diferentes gêneros textuais.

* Desenvolver senso crítico (criar opiniões e conceitos);

* Trabalhar leitura, interpretação, produção textual, gramática e pesquisa na internet.

* Apresentar aos alunos o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

* Produção de cartazes expondo direitos e deveres das crianças e adolescentes.

Avaliação:

Os alunos serão avaliados através de trabalhos escritos (ortografia, apresentação, conteúdo), trabalhos orais (expressão oral, conteúdo, comportamento) e exposição de cartazes (organização e apresentação).

Turmas participantes: 63 (manhã) e 65 (tarde).

terça-feira, 11 de maio de 2010

Curiosidades
*Cerca de 250 milhões de pessoas no mundo falam a Língua Portuguesa atualmente. No Brasil, estão 80% desses falantes.
*O português é a língua oficial em: Portugal, Ilha da Madeira, Arquipélago dos Açores, Brasil, Moçambique, Angola, Guiné-Bissau, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe.
*A Língua Portuguesa é a quinta língua mais falada do planeta e a terceira mais falada entre as línguas ocidentais, atrás do inglês e do castelhano.
*Por toda a importância dada a Língua Portuguesa, seu ensino agora é obrigatório nos países que compõem o Mercosul.
*Não oficialmente, o português também é falado por uma pequena parte da população em Macau (território chinês que foi até 1999 administrado pelos portugueses); no Estado de Goa, na Índia (que foi possessão portuguesa até 1961) e no Timor Leste, na Oceania (até 1975 administrado pelos portugueses, quando foi tomado pela Indonésia, e atualmente é administrado pela ONU).

http://www.museulinguaportuguesa.org.br/Museudalinguaportuguesa/semanalinguaportuguesa/web/default.html
10 de Junho
Dia da Língua Portuguesa
O dia 10 de junho foi escolhido para representar a data do Dia da Língua Portuguesa, porque marca o aniversário da morte de Luiz Vaz de Camões, um dos maiores poetas portugueses. Ele faleceu no dia 10 de junho de 1580.Camões conviveu com grande parte das aventuras marítimas dos portugueses, conhecendo e poetando também sobre as aventuras de seus antepassados. Esse dia também foi escolhido para ser o Dia de Portugal.

http://www.museulinguaportuguesa.org.br/Museudalinguaportuguesa/semanalinguaportuguesa/web/default.html

História da Língua Portuguesa
A Língua Portuguesa está espalhada por alguns continentes, como Europa, América Latina, África e Ásia. Isso se deve à política expansionista de Portugal, nos séculos XV e XVI, levando para as colônias essa língua tão rica, que se misturou a hábitos e crenças diversas e acabou sendo enriquecida com novas variedades regionais.
Sua origem está no latim, que os romanos introduziram na Lusitânia, região norte da Península Ibérica, a partir de 218 a.C..
Após a invasão romana da Península Ibérica, todos aqueles povos, com exceção dos bascos, passaram a conviver com o latim, o que deu início ao processo de formação do português, espanhol e galego.
Esse movimento de homogeneização cultural, lingüística e política foi denominado de romanização. Até o século IX, a língua falada era o romance, uma espécie de estágio intermediário entre o latim vulgar e as modernas línguas latinas, como português, espanhol e francês. Essa fase é considerada como pré-história da língua.
Do século IX ao XII, encontram-se registros de alguns termos portugueses em escritos, mas o português manifestava-se então basicamente como uma língua falada. Dos séculos XII a XVI desenvolveu-se o português arcaico, e do século XVI até hoje, o português moderno.
O fim do período arcaico foi marcado pela publicação do Cancioneiro Geral de Garcia de Resende, em 1516. Já o português de Os Lusíadas, de Luís de Camões, em 1572, marca o ínicio da fase moderna, pois tanto na estrutura da frase quanto na morfologia, ou seja, no aspecto formal das palavras, sua linguagem se mostra mais próxima do atual.
No Brasil
A Língua Portuguesa aportou em nosso país junto com os portugueses através do descobrimento de nossas terras.
Os indígenas resistiram à imposição da língua dos colonizadores, mas como isso não poderia ser evitado, foram promovidos contactos entre a língua portuguesa de Portugal e as diversas línguas indígenas, sobretudo com o Tupi, em sua variedade conhecida como Língua Geral da Costa. Esses contatos deram início às alterações do Português no Brasil, afetando apenas o léxico. Novos contatos ocorreram com a chegada dos milhões de africanos. Posteriormente, novos contatos ocorreram com o espanhol e o francês, por causa das invasões, e as línguas européias de imigração, como o italiano, o alemão, o japonês, e outras línguas trazidas pelos imigrantes.